quinta-feira, 31 de março de 2016

quarta-feira, 23 de março de 2016

.aquele momento #3

em que te apercebes que tens a melhor família do ginásio do mundo, ainda que estranhamente disfuncional e composta por pessoas que em circunstâncias normais provavelmente não seriam amigos, e que te surpreendem com um presente de aniversário espetacular.

Não, o presente mais espetacular não foram os ténis (que são lindos e que ainda não consegui tirar dos pés). O melhor de tudo foi achar que só ia haver um pequeno bolo para cinco ou seis pessoas e uma faixa durante o treino escolhida por mim, que já me deixava mais que contente. O melhor presente foi ter o privilégio de estar em cima do palco, durante três faixas seguidas, com uma das minhas instrutoras do coração e começar a ver passar membros da família, não equipados, através da janela no fundo do estúdio, para no final da aula os ver entrar de bolo, faixa, tiara e cartão assinado.

Para mim tinha sido mais que suficiente, mas eles acharam que uns Asics Gel Noosa Tri 10 com todas as cores e mais alguma vinham completar a surpresa. Ainda não me fartei de lhes agradecer e irei continuar a fazê-lo durante muito tempo. Porque se lembraram de mim, porque escreveram e disseram coisas naquela noite de segunda-feira que me encheram o coração e que só me fazem sentir agradecida por ter encontrado este grupo tão perfeito na sua imperfeição.

quarta-feira, 9 de março de 2016

.randomness #12

Há várias coisas que me deixam irritada e que me fazem logo perder a vontade de continuar a ler um blog, ainda que tenha histórias engraçadas e algum fio condutor nos posts e nas ideias (ao contrário deste blog, cujo fio condutor é... inexistente. Adiante).

Uma delas são marcas /instituições que se conseguem associar a bloggers em parcerias ou passatempos, seja o que for, quando essas mesmas bloggers escrevem coisas como "à algum tempo" "levas-te" em vez de levaste. Não entendo muito bem que raio de entidade quer ficar ligada a textos com erros ortográficos, acho que está para além da minha compreensão.

Não há nenhuma alma que lhes diga que isso são erros orgográficos? Que Camões está a dar voltas na tumba ali no Mosteiro dos Jerónimos (ok, era preciso que lá estivesse, eu sei...)? Não há proofreading (desculpem o estrangeirismo), nenhum comentador que discretamente diga "não é assim que se escreve"?


terça-feira, 8 de março de 2016