(Insta)gramming II

Se há aplicação que não dispenso, é o Instagram. No que toca à partilha de imagens sou bastante... eclética. Sigo vários estilos de partilhas de imagens, dos os mais pensados aos mais cândidos e despretensiosos, dos famosos Instagrammers (ou Instagrammers famosos) aos completos desconhecidos.

Tenho pena de não partilhar mais instantâneos, mas muitas vezes ou não vejo nada interessante ou acho que as pessoas só gostam de gatos fofinhos (a minha!) até certo ponto. Como também não sou muito de fotografar comida e pés e acho que ninguém quer ver o estado caótico da minha bancada de trabalho, acabo por ficar sem assunto para fotografar.

Ainda assim tenho um ritual, enquanto bebo o meu café e como a minha torrada de manhã, de abrir a app e passar os olhos para o que os Instagrammers europeus postaram a horas tardias e o que os Instagrammers americanos postaram ao longo do dia.














Comentários