quinta-feira, 3 de junho de 2010

Braga

De 31 de Maio a 2 de Junho andei por aqui.

E em Braga...

... descobri que faz muito mais calor do que estava à espera.
... descobri que por 5€ tenho no prato muito mais do que consigo comer.
... descobri que se anda muito a pé.
... descobri que não faz mal usar sapatos de salto alto forrados a lantejoulas vermelhas durante o dia, na cantina da Universidade.
... descobri que não é fácil estar fora da zona de "conforto científico", mas que mesmo assim ainda se consegue rir quando o orador decide que não faz mal ler o texto dos slides numa apresentação oral.


E de regresso a Lisboa, três horas mais cedo do que o previsto, ainda me esperava o jantar (que-vai-acontecer-está-confirmado!-ah-afinal-ninguém-pode-vir-e-já-não-há-jantar-nenhum...-no-fim-de-contas-conseguimos-juntar-a-malta-quase-toda) de inauguração na nova casa lisboeta dos gajos. Com direito a Buzz até às 3 da manhã.

1 comentário:

  1. Falta dizer que as pessoas de Braga são as mais simpáticas de sempre. E também as que têm os melhores piropos!

    "Sr. das obras": Au, au! Mr. Lover Lover!

    ResponderEliminar